Bitcoin no blockchain da Ethereum? Bem vindo a 2019

29/10/2018


Todos nós sabemos o que é BTC, BCC e ETH. Mas a novidade para o leitor pode ser o símbolo WBTC - abreviação de “Bitcoin embrulhado”, que será essencialmente um token no blockchain da Ethereum vinculado diretamente ao valor do Bitcoin. Um esforço combinado da Kyber Network, Protocolo Republic e a BitGo, o token terá dois efeitos importantes sobre as criptomoedas.

Primeiro, permitirá que o Bitcoin participe dos contratos inteligentes da Ethereum nativamente no blockchain da Ethereum. Embora vários esforços para iniciar contratos inteligentes na própria rede do Bitcoin tenham sido historicamente realizados, incluindo a QTUM, que executa a Ethereum Virtual Machine na rede do Bitcoin, e a Rootstock, que espelha as características da Ethereum para o Bitcoin, a Ethereum continua a ser o modo dominante em termos de contratos inteligentes. No entanto, as perspectivas de aplicações descentralizadas da Ethereum foram postas em questão recentemente.

Segundo, ele permitirá que o valor do Bitcoin impacte diretamente um token no blockchain da Ethereum. Os tokens serão respaldados pelas reservas da BitGo e pelos outros participantes do projeto, e iniciativas transparentes estão em andamento para garantir que os investidores tenham clareza sobre o que estarão holdando. Por conseguinte, se uma pessoa detém 1 WBTC, ele tem o valor equivalente de 1 BTC.

A Kyber Network escreveu em um blog sobre o assunto:

“Primeiramente, a Kyber fornecerá liquidez inicial para os tokens do WBTC através de nossa reserva, para que possa ser trocado como qualquer outro token ERC20 suportado em nosso protocolo. No lançamento, juntamente com o Protocolo Republic, nós serviremos como comerciantes iniciais para fornecer uma plataforma para os usuários do KYC trocar atomicamente entre tokens BTC e WBTC.”

O ponto do projeto parece ser permitir uma transição perfeita entre Bitcoin e Ethereum. Se alguém já possui Bitcoin, ele pode facilmente levá-lo para a rede Ethereum como um token WBTC, e então ele pode sacar a qualquer momento para o Bitcoin. O uso de um intercâmbio centralizado não será necessário se estiver equipado com a Rede Kyber ou qualquer um dos seus parceiros, e a Kyber prevê uma vasta expansão do projeto à medida que as coisas progridam.

“O WBTC é apenas o primeiro passo da jornada para uma solução descentralizada ideal, e é importante que a comunidade trabalhe em conjunto para um ecossistema mais inovador e interoperável.”

Várias exchanges já se comprometeram em listar o token. Uma coisa interessante da perspectiva de um trader será se haverá ou não arbitragem entre o BTC e o WBTC, ou se os preços do WBTC serão bloqueados em paralelo com os do BTC.

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.

Fonte: ccn


COMENTÁRIOS