Irã tem primeiro Banco Central do mundo a usar o Bitcoin

27/11/2020


Mais um grande passo em direção ao Bitcoin como reserva de valor mundial foi dado pelo Banco Central do Irã. Fracassado por sanções impostas pelo governo dos Estados Unidos, o Irã recorreu às criptomoedas para financiar as importações.

A república islâmica se tornou o primeiro país do mundo a adotar o Bitcoin em nível nacional para a troca de valores. O Gabinete iraniano alterou a legislação para redirecionar criptomoedas para os mecanismos de financiamento de importações do Banco Central do Irã, de acordo com um relatório publicado pela agência oficial de notícias IRNA.

“Os mineradores devem fornecer a criptomoeda original diretamente e dentro do limite autorizado para os canais introduzidos pelo CBI”, disse um relatório do CBI e do Ministério de Energia.

Presstv, uma rede de notícias e documentários estatal iraniana afiliada ao IRIB, explicou: “O limite legal para a quantidade de criptomoeda de cada minerador seria determinado pelo nível de energia subsidiada usada para mineração e com base nas instruções publicadas pelo Ministério de Energia”.

Com a inflação em torno de 34% desde 2018, o valor do rial iraniano caiu drasticamente.

A economia do país foi devastada por sanções punitivas dos EUA que o impedem de usar dólares no comércio internacional, incluindo a compra de produtos farmacêuticos estrangeiros desesperadamente necessários, o que obrigou Teerã a recorrer ao Bitcoin.

A economia do Irã tem se contraído durante grande parte do ano passado e este ano em cerca de -10% ao trimestre, tornando isso uma depressão.

No entanto, após alguma experimentação com criptomoedas começando em 2018, parece que o Irã encontrou um caso de uso tanto na criação de valor econômico por meio da facilitação da mineração de criptomoedas, quanto agora no uso de Bitcoin para o comércio internacional.

Em resposta à notícia, o analista de criptomoedas australiano Alex Saunders disse que o Irã foi apenas o primeiro dominó a cair. Ele tuitou: “Eu previ que o primeiro soberano a ter Bitcoins seria aquele sem nada a perder. O Banco Central do Irã agora terá legalmente todos os Bitcoins usados ​​para importações / exportações, permitindo-lhes contornar o USD. Ninguém quer ser o primeiro. Depois ninguém quer ser o último.

Fonte: trustnodes, asiatimes

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.


COMENTÁRIOS