Binance nega acusações de ataque com o poder do Blockchain

28/02/2018


Binance, uma das maiores casas de câmbio digital por volume de negócios de acordo com a CoinMarketCap, teve que negar continuamente as acusações de um ataque desde que a empresa inesperadamente foi desconectada devido a problemas com o servidor.

O tempo offline deveria durar apenas algumas horas, mas de forma semelhante ao tempo de inatividade prolongado da Kraken em mais de dois dias em Janeiro, a Binance anunciou que eles só estarão de volta on-line em 9 de Fevereiro, as 4:00 (UTC).

Enquanto a Kraken foi castigada por seus usuários em razão do seu relativo silêncio e apenas uma atualização esporádica durante as 48 horas sem serviço, tanto a Binance quanto o CEO Changpeng Zhao estão atualizando seus tuítes a cada duas horas com relatórios de progresso e garantias de que eles não foram hackeados:

Nós manteremos a comunicação em momentos difíceis. Essas são carteiras quentes, apenas uma pequena porcentagem está por lá. Mas deve ficar claro que suas moedas estão seguras. Desejamos que os discos se movam mais rápido. Nós vamos trabalhar para melhorá-los no futuro. Suas palavras encorajadoras são tudo pelo que trabalhamos.

No entanto, alguns no Twitter acusaram repetidamente a Binance de encobrir um ataque, a mais notável figura do mundo das cripto, John McAfee, tuitou que ele não estava "tentando espalhar FUD", mas ele estava recebendo múltiplos relatórios alegando que a Binance tinha sido realmente hackeada.

Em resposta, a Binance tuitou que "o Blockchain oferece um livro público que pode refutar qualquer informação falsa" e forneceu seus endereços das carteiras Ethereum e das carteiras Bitcoin para provar que todo o dinheiro está lá.

O CEO Changpeng Zhao também respondeu à John McAfee dizendo que "provaria que ele estava errado":

Mas você está espalhando fud. Vamos provar que você está errado.

Tanto os estoques Bitcoin quanto Ethereum fornecidos pela Binance mostram saldos positivos de $263 milhões e $151 milhões em moedas, respectivamente.


COMENTÁRIOS