Binance se prepara para entrar no mercado sul-coreano

26/07/2018


A Binance , maior exchange de criptomoedas do mundo em volume de transações, está de olho no mercado sul-coreano para expansão. Durante seu discurso no Blockchain Partners Summit em Seul, Coreia do Sul , em 21 e 22 de julho, o CEO Changpeng Zhao ressaltou a importância do mercado sul-coreano, dizendo que sua empresa iria enriquecer a comunidade no mercado.

A empresa contratou coreanos como diretor de marketing local e diretor da Binance Lab , que é um fundo de impacto social.

A Binance adicionou o idioma coreano ao seu site em agosto do ano passado. "Agora, nossos clientes da Coreia podem usar nosso site em sua língua nativa", escreveu a empresa na época.

O momento mostrou-se fortuito no mês seguinte, quando o governo chinês encerrou as exchanges na China, forçando os traders locais a mudarem para outras exchanges, incluindo na Coreia do Sul . A Binance também transferiu suas operações para fora da China naquela época.

Concorrência na Coreia do Sul

A Coreia do Sul tem cerca de 100 exchanges de criptomoedas, das quais 31 são membros da Associação Coreana da Indústria Blockchain. No entanto, apenas quatro delas detêm a maior parte do mercado de criptomoedas no país.

O Bithumb e a Upbit são as maiores exchanges do país, embora a Upbit seja uma afiliada da Bittrex dos EUA.

No momento, o CoinMarketCap mostra a Upbit com um volume de negociação de 24 horas de US $408.359.912 e a Bithumb com US $242.906.355.

Outras duas grandes exchanges coreanas são a Coinone e Korbit. Algumas outras exchanges chinesas tentaram abrir na Coreia do Sul , como a Huobi e a Okcoin.

“O número de usuários sul-coreanos da Binance ainda não é tão grande. Ainda assim, é uma das mais favoritas exchanges estrangeiras para os traders sul-coreanos”, detalhou a Korea Business. Contrariamente à especulação generalizada de que os usuários coreanos representam uma parte significativa da base de usuários da Binance , Zhao disse aos repórteres que eles representam apenas 1% e são o décimo maior grupo em termos de nacionalidade.

Em uma entrevista com Soso Lab este mês, Zhao disse que a razão principal pela qual a Binance ganhou popularidade na Coreia do Sul foi devido a exchanges coreanas que listavam apenas um número limitado de moedas. “Se você quer negociar moedas novas, a Binance é uma boa escolha. Nós tivemos sorte nesse sentido”, revelou Zhao. A Binance atualmente lista 376 moedas enquanto a Upbit tem 268 e a Bithumb tem 37. Zhao disse à mídia:

“Nós temos muitos usuários, o que chamamos de Binancians, na Coreia... Eu acho que a Coreia é um mercado promissor.”

Regulamentação coreana passando por mudanças

A Coreia do Sul introduziu a regulamentação das criptomoedas no final do ano passado. Em janeiro, o governo implementou o sistema de nomes reais para o comércio de criptomoedas.

A Bithumb, Upbit, Coinone e Korbit têm acesso a contas de nomes reais, mas o resto das exchanges atualmente não. Isso cria problemas para os reguladores que acreditam que, sem as contas reais, as exchanges devem continuar usando contas corporativas para negociar criptomoedas e essas contas são propensas a lavagem de dinheiro.

Recentemente, o principal regulador financeiro do país, a Financial Services Commission (FSC), anunciou seu plano de passar por uma grande reestruturação, incluindo a criação de um departamento dedicado às políticas de criptomoedas.

O governo também indicou que facilitará a regulamentação das criptomoedas . Com a mudança do ambiente regulatório na Coreia do Sul , Zhao disse no início deste ano que a Binance havia adiado seu plano de lançamento na Coreia "até que Seul ajuste a estrutura regulatória".

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.

Fonte: news.bitcoin


COMENTÁRIOS