Bolsa de valores do canadá lançará plataforma de criptomoedas

27/03/2018


O proprietário da Bolsa de Valores de Toronto (TSE), Canadá, TMX Group Ltd., oferecerá a seus clientes a oportunidade de comprar e vender duas das mais populares criptomoedas - Bitcoin e Ethereum. Isso será realizado através do lançamento de sua subsidiária Shorcan Digital Currency Network (Shorcan DCN). O suporte à outras criptomoedas será adicionado a medida que os clientes exigirem.

O proprietário do TSE também anunciou que o serviço de corretagem seria disponibilizado através de parceria com a Paycase Financial Corp. A startup de tecnologia financeira com sede em Toronto é especializada em serviços financeiros descentralizados e opera uma plataforma de remessa baseada em dispositivos móveis.

“Como primeira mesa pública de corretagem de criptomoedas, por meio de uma bolsa, esse acordo representa a verdadeira institucionalização das criptomoedas como uma classe de ativos”, disse o CEO da Paycase, Joseph Weinberg. Ele passou a descrever o projeto como a construção da "primeira grande ponte entre o mundo das criptomoedas e os mercados financeiros tradicionais".

A TMX diz que a corretora é um passo significativo na execução de sua estratégia digital. De acordo com John Lee, Diretor Executivo de Inovação Empresarial e Desenvolvimento de Produto, a empresa está procurando novas maneiras de atender às necessidades de seus clientes em mercados tradicionais e não tradicionais.

A administração do Grupo espera que a Shorcan DCN permita estabelecer esta ligação entre a TMX e o universo das criptomoedas. A Shorcan DCN deve estrear no segundo trimestre deste ano. "Estamos empolgados em firmar este acordo com a Paycase, líder do setor com um espírito inovador e empreendedor", disse o presidente da subsidiária, Peter Conroy, citado em um comunicado de imprensa da TMX.

Batendo no mercado de bilhões de dólares

A parceria com o provedor de pagamentos Paycase criará benchmarks de criptomoedas baseados em dados consolidados das principais exchanges do mundo. O objetivo inicial é cobrir de 2% a 5% do mercado global de balcão, atualmente estimado em US $4 a 9 bilhões em criptomoedas, explicou Conroy. Os serviços bancários serão fornecidos por um dos maiores bancos do Canadá, o Bank of Montreal.

O TMX Group, sediado em Toronto, opera mercados de caixa e derivativos, além de câmaras de compensação para múltiplas classes de ativos através de suas subsidiárias na América do Norte. Também controla a Montreal Exchange, o Canadian Depository for Securities e a Canadian Derivatives Clearing Corporation. As empresas do Grupo TMX fornecem mercados de listagem, mercados de trading e outros serviços financeiros.

Em fevereiro, a Bolsa de Valores do Canadá anunciou planos para lançar uma plataforma blockchain para compensação de vendas de tokens qualificados como títulos. Criptomoedas também foram referidas como títulos em suas listas. A Bolsa de Valores do Canadá ofereceu às empresas a oportunidade de emitir ações tradicionais e títulos de dívida como “security token offerings” (STO), que poderiam ser vendidas aos investidores.

Fonte: news.bitcoin


COMENTÁRIOS