CEO da Apple diz ter criptomoedas e explica interesse da empresa no setor

11/11/2021


O CEO da Apple, Tim Cook, anunciou que tem investimentos pessoais em criptomoedas. O executivo da segunda maior empresa do mundo, avaliada em quase 2,5 trilhões de dólares, falou sobre o assunto na conferência DealBook, promovida pelo jornal New York Times.

Além de confirmar que possui bitcoin ou ether - sem deixar claro qual delas, ou se ambas - Cook também afirmou que tem interesse pelo mercado cripto já há algum tempo e que considera inteligente que uma parte dos investimentos de todas as pessoas seja alocado no setor.

"Eu tenho. Acho que é razoável ter [criptomoedas] como parte de um portfólio diversificado", disse, quando perguntado se possui bitcoin ou ether. "A propósito, não estou dando conselhos de investimento a ninguém", completou o executivo.

Na conversa com Andrew Ross Sorkin, Cook também falou que têm interesse pelo mercado cripto há bastante tempo e quie tem pesquisado sobre o assunto. Ele, no entanto, explicou que esse interesse é pessoal, e não como executivo da Apple.

Tim Cook desmentiu os boatos de que a Apple pode começar a aceitar criptomoedas como pagamento por produtos da marca e também refutou a possibilidade da gigante de tecnologia investir parte das suas reservas em ativos digitais: "Nós não vamos investir em cripto, não porque eu não investiria o meu próprio dinheiro, mas porque eu não acho que as pessoal compram ações da Apple para terem exposição a criptomoedas", explicou.

A Apple não possui atualmente nenhum produto ou serviço relacionado ao mercado de criptomoedas, mas permite a distribuição de aplicativos relacionados ao setor na sua App Store, a instalação de aplicativos de carteiras cripto em iPhones e cartões de crédito de empresas do setor de criptoativos em sua Wallet, que inclui o serviço Apple Pay. Aplicativos de mineração, por outro lado, continuam proibidos.

Apesar de executivos da empresa terem afirmado, em 2019, que "a Apple enxerga potencial de longo prazo" para as criptomoedas, Tim Cook explicou que a companhia tem acompanhado o desenvolvimento da tecnologia blockchain e do mercado cripto, mas "não é algo para o qual tenham planos atualmente".

A fala de Cook foi feita no mesmo dia em que bitcoin e ether, as duas maiores criptomoedas do mundo, registraram novos recordes de preço, acima de 68.530 e de 4.837 dólares, respectivamente.

Fonte: Exame
 
Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.

COMENTÁRIOS