Fundo de pensão estatal investe R$ 550 milhões em Bitcoin

29/03/2021


O KiwiSaver, maior fundo de pensão da Nova Zelândia, fez um investimento em Bitcoin. A informação foi divulgada pelo portal de notícias local Stuff.

A informação foi confirmada por James Grigor, chefe de investimentos do fundo. Segundo ele, o valor investido em Bitcoin corresponde a 5% dos ativos do KiwiSaver.

No total, o fundo possui o equivalente a R$ 1,9 bilhão em ativos sob gestão. Isso significa que o investimento em Bitcoin corresponde a cerca de R$ 548 milhões.

Grigor disse que o Bitcoin se tornou uma commodity com muitas das atraentes características do ouro. Isso leva os investidores a utilizarem o criptoativo como reserva de valor em tempos de crise econômica.

“Se você está feliz em investir em ouro, você não pode realmente ignorar o Bitcoin”, disse Grigor.

Sobre o fundo

O KiwiSaver é o fundo de pensão nacional da Nova Zelândia. Ou seja, trata-se de um fundo estatal. Ele foi criado em 2007 através da lei KiwiSaver Act, que foi aprovada em setembro de 2006.

Embora seja estatal, o fundo funciona diferente da previdência social brasileira, por exemplo. No KiwiSaver, cada poupador possui sua própria conta e deposita seu dinheiro.

Além disso, a contribuição para o fundo não é obrigatória. Por isso, o KiwiSaver é mais parecido com os planos de previdência privada que existem no Brasil.

Os investidores podem utilizar o fundo de duas maneiras. A primeira é poupando o dinheiro para realizar saques apenas aos 65 anos. Já a outra forma é acumular dinheiro para a compra de um imóvel.

Fornecedores criticam investimento

Na Nova Zelândia, o KiwiSaver possui uma lista de vários fornecedores. Essas empresas são responsáveis por realizar as vendas do planos aos investidores.

E eles foram os primeiros a criticarem a proposta. Para eles, a compra de Bitcoin era mais uma aposta do que um investimento de longo prazo.

Sam Stubbs, executivo-chefe da fornecedora Simplicity KiwiSaver, disse:

“Acho que a compra de Bitcoin dentro do KiwiSaver é uma aposta, não investimento. Estou surpreso que qualquer gerente do KiwiSaver considere isso uma classe de ativos legítima.”

De certa forma, Grigor utilizou esse argumento para explicar a baixa exposição. Ele afirma que a maior parte do fundo continua exposto a ativos de baixo risco.

“O KiwiSaver é maioritariamente construído por meio de classes de ativos tradicionais, como títulos e ações. Eles sempre serão as classes de ativos que se acumulam ao longo do tempo para dar às pessoas a melhor aposentadoria que puderem”, disse ele.

Em diversos países, diversos fundos começam a investir em Bitcoin. O ano de 2020 foi marcado pela maior entrada desses investidores no mercado.

Fonte: CriptoFacil

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.


COMENTÁRIOS