Pagamentos com Bitcoin crescem 56% em 2021 e batem recorde histórico no mercado

19/01/2021


O uso do Bitcoin (BTC) como forma de pagamento pelos usuários bateu um importante recorde histórico no mercado em 2021, logo após registrar um crescimento de aproximadamente 56% nos últimos doze meses.

De acordo com uma publicação de Sergej Kotliar no Twitter, o CEO da plataforma Bitrefill, no dia 11 de janeiro de 2021 houve um pico de pagamentos com Bitcoin que se aproximou de 800 mil transações em um único dia.

Dessa forma, a criptomoeda apresentou um recorde que ultrapassou até mesmo o número de pagamentos registrados na última bull run, que aconteceu no final de 2017.

No total, o BTC foi utilizado em 789.390 pagamentos no dia 11 de janeiro, dia em que o recorde foi registrado no mercado, de acordo com dados do site Transationfee.

Considerando o crescimento anual do uso do Bitcoin como forma de pagamento, a criptomoeda saltou de 509.168, no início de 2020, para quase 790 mil registros recentemente.

Solução para taxas

Ao mesmo tempo em que o uso do Bitcoin como pagamento cresceu mais de 56% no mercado, houve também um aumento das taxas cobradas em transações envolvendo a criptomoeda.

No entanto, exchanges buscam soluções para resolver esse problema sem criar uma tributação para os usuários. Em alguns casos, como a plataforma da Coinbase, por exemplo, são agrupadas 100 transações de pagamentos antes da transação ser confirmada na blockchain do Bitcoin, conforme lembra o CEO da Bitrefill.

A Coinbase agora é provavelmente a maneira mais rápida e barata de enviar um pagamento em Bitcoin. Eles agrupam 100 (pagamentos) de cada vez, portanto, embora paguem as taxas mais altas para a confirmação do próximo bloco, você paga apenas 1/100 desse valor.”

Fonte: cointelegraph

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.

 


COMENTÁRIOS