Tecnologia blockchain: entenda mais sobre ela!

01/06/2021


Blockchain é um sistema que possibilita rastrear o envio e recebimento de algumas informações, ou seja, são pedaços de códigos que são gerados de maneira online e que levam informações conectadas (blocos que formam uma corrente). 

O blockchain pode ser comparado com um banco de dados, mas é um pouco diferente, pois o banco de dados tradicional é centralizado por uma empresa e só ela pode escrever e modificar os dados.

Já, o blockchain é descentralizado e várias pessoas podem escrever nele desde que sigam algumas regras e milhares de usuários podem olhar os dados que foram anexados e verificar se aquilo realmente está correto e de acordo com as regras do protocolo. 

Como que os dados são armazenados? 

O blockchain armazena as informações de um grupo de transações em blocos, marcando cada bloco com um registro de tempo e data. A cada período de tempo, em média de 10 minutos, é gerado um novo bloco de transações, que se liga ao bloco anterior.

Assim, os blocos são dependentes uns dos outros, formando uma cadeia de blocos. 

Vamos supor que você queira realizar uma transação no blockchain por exemplo do bitcoin. No momento em que você envia um bitcoin para alguém, os computadores da rede iniciam a verificação, isto é, eles conferem se é realmente válida a transação e eles confirmam se você realmente poderia gastar essa transação e se ela já não foi gasta em um momento anterior. 

A partir do momento em que ela é verificada, já é incluída em bloco junto com várias outras transações e assim que esse bloco é minerado, ele recebe um número único e está válido. 

Esse número único leva em consideração o número do bloco passado, ou seja, se o bloco anterior é alterado acaba modificando todos os blocos da frente e é por isso que o blockchain é conhecido como imutável. 

Recebe esse nome, pois quanto mais blocos são minerados e quanto mais o tempo passa, mais robusto fica o blockchain e fica mais complicado de alguém conseguir modificar seus dados. 

Blockchain no seu dia a dia

Pois é, ele pode ser usado na sua rotina, pois o blockchain vai além do universo das criptomoedas. 

Pode ser usado na indústria para controlar a produção, facilitando o controle das informações e tornando esses registros ainda mais seguros. 

Serve também para certificar algum documento, um contrato de venda, um registro de casamento, entre outros. 

Então, resumindo, podemos imaginar o blockchain como uma grande corrente e cada elo possui infinitas informações criptografadas e esses elos da corrente vão se unindo e formando uma grande rede de dados. 

Todas essas informações registradas no blockchain ficam disponíveis e visíveis para qualquer usuário que queira acessá-las. 

E cada vez mais negócios estão se apropriando dessa tecnologia, mas vamos aguardar os próximos blocos para ver qual o real impacto do blockchain.

Por: Sophia Müller

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.

 


COMENTÁRIOS