Terceira maior baleia do mercado comprou US$ 13 milhões em BTC na queda

24/09/2021


Uma das maiores baleias do mercado de criptomoedas, que possui mais de 100 mil Bitcoins (BTC) aproveitou o desespero dos investidores com a possibilidade de uma quebradeira geral no mundo por conta do possível calote da empresa chinesa Evergrande, e comprou ainda mais Bitcoins para incorporar em sua fortuna.

Assim, quando o Bitcoin recuou abaixo de US$ 41 mil a baleia logo se movimentou e comprou cerca de US$ 13 milhões em BTC pelo valor médio de US$ 40,5 mil, segundo relatou Jordan Lyanchev.

Desta forma, no movimento conhecido como 'comprar o mergulho' no total, a baleia comprou cerca de 320 Bitcoins das sardinhas que, com medo, venderam seus BTCs.

Lyanchev destaca que vem monitorando o comportamento da baleia misteriosa, ou um de seus endereços, desde pelo menos abril deste ano,quando o gigante do mercado cripto vendeu grande parte de seus Bitcoins quando o BTC ficou acima de US$ 60 mil.

Quando o BTC caiu perto de US$ 30 mil a baleia retornou às compras, com a maioria das transações ocorrendo e, agora, em mais um movimento lucrativo, a baleia voltou ao mercado acumulando, como mostra o endereço mais de 111.795 BTC.

Baleia pode ter comprado na hora certa

Segundo o analista Rakesh Upadhyay, a compra massiva de Bitcoins da baleia cripto pode ter ocorrido na hora certa, antes do BTC começar um novo ciclo de alta.

Upadhyay aponta que à medida que diminuem os temores de um calote da Evergrande os mercados, incluindo os de criptomoedas, começam a voltar sua tendência de antes do crash, e, no caso dos criptoativos, uma tendência de alta.

Ele pontua que na queda do BTC, por conta da Evergrande, houve um aspecto positivo e ele foi que os touros conseguiram, de certa forma, segurar o preço não deixando o BTC cair abaixo do suporte de US$ 40 mil.

Desta forma, segundo ele, se os compradores mantiverem o preço acima de US$ 43 mil, isso poderá prender vários ursos agressivos, resultando em uma pequena pressão. O par BTC/USDT poderia então subir para a média móvel exponencial de 20 dias (MME) ($ 46.038), onde os ursos podem representar um grande desafio.

"No entanto, as médias móveis completaram um cruzamento de baixa e o índice de força relativa (RSI) está na zona negativa, indicando que os ursos estão no comando", disse.

Ele destaca ainda que se o preço não se sustentar acima de US$ 43 mil  os ursos tentarão retomar a tendência de baixa. O primeiro suporte no lado negativo é $ 37.332,70 e, em seguida, a meta padrão é $ 32.423,05.

"Uma quebra e um fechamento acima das médias móveis serão a primeira indicação de que a correção pode ter acabado", finaliza.

Fonte: cointelegraph
 
Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.

COMENTÁRIOS