Baleia Mt Gox explica sua estratégia de venda de criptomoedas

19/03/2018


Em 17 de março, o administrador da insolvência da Mt Gox, Nobuaki Kobayashi, revelou algumas informações críticas sobre como ele vendeu os BTC e os BCH que ele possui. A notícia pode confortar aqueles que acreditam que o restante das vendas da Mt Gox vão travar o mercado, já que ele ainda possui mais de US $1,9 bilhões em BTC e BCH. De acordo com Kobayashi, ele está consultando especialistas em criptomoedas e vendendo de uma maneira para evitar afetar o preço do mercado.

"Eu vendi BTC e BCH de dezembro de 2017 a fevereiro de 2018", explica Kobayashi em resposta a perguntas sobre a venda.

“Eu vendi BTC e BCH separadamente - Portanto, os montantes totais de BTC e BCC vendidos até o momento em que parei de vender são diferentes.”

Kobayashi consultou “especialistas em criptomoedas” e não vendeu criptos usando uma exchange comum

De acordo com o administrador, ele consultou "especialistas em criptomoedas" durante as vendas do BCH e BTC, e ele não usou o método tradicional de usar uma exchange de ativos digitais. Além disso, Kobayashi diz que analisar o movimento dos endereços públicos é inútil, já que a hipótese de que os ativos foram vendidos naqueles horários exatos é "incorreto".

"Após consulta com especialistas em criptomoedas, eu vendi BTC e BCH, não por uma venda comum através de exchange de BTC/BCH, mas de uma maneira que evitaria afetar o preço de mercado, garantindo a segurança da transação na medida do possível. O método de venda de BTC e BCH foi aprovado pelo tribunal também. Gostaria de abster-me de explicar os detalhes do método de venda, caso contrário, a futura venda de BTC e BCH poderia ser prejudicada. Atualmente, nada foi determinado quanto à venda de BTC e BCH no futuro.”

Além dos ativos digitais de US $1,9 bilhão que permanecem sob a supervisão do administrador, ele também está supervisionando o dinheiro coletado da última venda. O aproximado de JPY 44 bilhões (iene japonês) em dinheiro foram assegurados recentemente, diz Kobayashi, e ele determinará quando os credores obterão suas restituições em breve.

Fonte: news.bitcoin


COMENTÁRIOS