Bancos Centrais da Austrália e Nova Zelândia não planejam emitir suas próprias criptomoedas

26/06/2018


Ontem, os bancos centrais da Austrália e Nova Zelândia negaram que pretendiam emitir suas próprias criptomoedas, chamando o Bitcoin de "fascinante" mas "ineficiente".

Dirigindo-se aos economistas de negócios australianos em Sydney, Tony Richards, chefe de política de pagamentos do Reserve Bank of Australia (RBA), mostrou-se favorável às criptomoedas enquanto o governo da Austrália dedica fundos consideráveis à pesquisa de blockchain.

"Não é uma alta prioridade para nós, mas é algo em que continuamos a trabalhar", disse ele sobre o banco emitir seu próprio token. "Estamos particularmente olhando para o aspecto de se uma moeda digital do banco central para uso B2B pode ou não ser valiosa."

O orçamento da Austrália de 2018-19 destinou mais de meio milhão de dólares para blockchain.

O próprio Tony Richards deu uma impressão mista do Bitcoin, criticando sua rede enquanto demonstrava apreço pelo modo como operava.

“Nove anos após o seu lançamento e cerca de cinco anos desde que entrou na consciência do público, o Bitcoin continua a ter falhas estruturais que o tornam inadequado para muitos usos, muitos dos quais decorrem do seu processo de verificação ineficiente... Esses riscos reconhecidos, criptomoedas e registros distribuídos são desenvolvimentos fascinantes, tanto de pagamentos quanto de uma perspectiva econômica mais ampla.”

Enquanto isso, na vizinha Nova Zelândia, o banco central também expressa preocupações sobre seu próprio token, permanecendo inseguros sobre seus "benefícios conclusivos".

Aviso Legal. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.

Fonte: cointelegraph


COMENTÁRIOS