Clube de futebol italiano Juventus segue os passos do francês Paris Saint-Germain e vai lançar "token do torcedor"

24/09/2018


O grande clube italiano de futebol Juventus anunciou na segunda-feira, 24 de setembro, que lançará sua própria criptomoeda "token do torcedor" duas semanas depois de um anúncio semelhante do Paris Saint-Germain.

A partir da parceria com a "plataforma de engajamento de torcedores baseada em blockchain" socios.com, o clube italiano tem como objetivo lançar o seu "token oficial do torcedor Juventus" logo no 1º trimestre do ano que vem.

Assim como o Paris Saint-Germain, da França, que revelou seus planos de token do torcedor com a socios no início deste mês, a Juventus pretende usar o ativo  principalmente para os torcedores votarem e responderem enquetes.

Atualmente, o clube é o melhor da Itália e o número dois do mundo, com uma base de torcedores de 60 milhões.

“No clube somos sempre muito cuidadosos e pró-ativos em relação à inovação e às novas tecnologias”, comentou o diretor de receita da Juventus, chefe de parcerias globais e receitas corporativas, Giorgio Ricci, divulgando:

“Juntos, […] acreditamos que podemos oferecer novas oportunidades para a nossa base de torcedores do mundo todo se engajarem de maneira inovadora com seu clube favorito.”

O futebol internacional se envolveu significativamente com o setor de criptomoedas este ano, com vários clubes do Reino Unido selando acordos para a publicidade e integração de criptomoedas e tecnologia blockchain em sua futura estratégia.

O CEO da Socios, Alexandre Dreyfus, estava otimista quanto ao potencial das criptomoedas, prevendo as parcerias da empresa para injetar US $300 milhões na economia esportiva nos “próximos anos”.

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.

Fonte: cointelegraph


COMENTÁRIOS