Dominância do Bitcoin cai abaixo de 50% pela primeira vez desde 2017, o que esperar?

28/04/2021


A dominância do Bitcoin, métrica que acompanha a participação do BTC em comparação a todo o mercado de criptomoedas, caiu para baixo de 50%. Este evento não acontecia desde julho de 2017. O que aconteceu naquela época e o que esperar dessa vez?

A dominância do Bitcoin é calculada pela divisão entre a capitalização de mercado do Bitcoin, atualmente com cerca de US$1 trilhão, pelo marketcap de todo o mercado de criptoativos, atualmente com cerca de US$1,9 trilhões, incluindo o do próprio BTC.

O valor, multiplicado por 100, resultará em um percentual que medirá a dominância do BTC em relação a todo o mercado. 

A última vez que isso ocorreu foi em 2017 durante a febre dos ICOs, onde muitos projetos foram às alturas, e diversos não recuperaram a sua valorização daquela época até hoje. A dominância então caiu para a sua mínima de 35% em janeiro de 2018 e começou a subir logo em seguida mesmo com queda no preço do BTC.

 

Dominância do Bitcoin cai abaixo de 50% pela primeira vez desde 2017, o que esperar?
Dominância do Bitcoin. 

 

Após a correção do mercado iniciada em 2018, diversos projetos de supostas criptomoedas que se autointitulam “o novo Bitcoin” e que prometiam revolucionar o mercado foram a zero, e diversas outras simplesmente apresentam hoje uma mínima fração do valor alcançado em 2017 durante a irracionalidade e exuberância do mercado.

Essa recente alta é impulsionada por uma forte valorização nas principais altcoins do mercado. Em especial, o mercado DeFi (Finanças Descentralizadas) e criptomoedas que executam smart contracts e aplicativos descentralizados apresentaram um forte crescimento nos últimos meses.

Se a história se repetir, veremos a dominância do BTC cair para novos mínimos até o fim desse atual ciclo de alta, que segundo o modelo de previsão de preço Stock-to-Flow, deve ter seu fim no último trimestre do ano.

Caso isso ocorra, veremos as altcoins obtendo valorizações superiores ao Bitcoin nos próximos meses. Mas vale ressaltar que correções de mercado são inevitáveis, e a história mostrou que o fim de altas costumam ser mais severas para criptomoedas menos estabelecidas.

Até onde você acredita que a dominância irá cair? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Fonte: Criptonizando

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.


COMENTÁRIOS