Investidores sentem cheiro de manipulação em nível institucional no Bitcoin

13/01/2021


Depois do Bitcoin receber um grande número de investidores institucionais em 2020, os investidores estão agora debatendo se o mercado de criptomoedas também entrou em outro nível de manipulação.

Tudo começou com um tuite de Scott Minerd, Investidor Chefe da Guggenheim Partners, uma importante empresa global de investimento e consultoria.

"O aumento parabólico do Bitcoin é insustentável no curto prazo. Vulnerável a um revés. A meta técnica de alta de US $ 35.000 foi excedida. É hora de tirar algum dinheiro da mesa."

E foi o suficiente para iniciar o debate sobre manipulação.

Alguns estavam questionando como essa declaração segue uma recente, muito otimista, com outros dizendo que Minerd estava tentando "exagerar, aumentando para 400 mil para que ele pudesse vender."

O número "U$ 400.000" vem da entrevista de Minerd em 16 de dezembro à Bloomberg TV, dizendo que o valor justo do BTC ainda pode subir. Mais precisamente, "nosso trabalho fundamental mostra que o Bitcoin deve valer cerca de USD 400.000", com base na escassez e na avaliação relativa, disse o CIO, sem fornecer um cronograma quando o BTC pode atingir esse nível.

"É claro que tomamos a decisão de começar a alocar Bitcoin quando o Bitcoin estava em USD 10.000. É um pouco mais desafiador com o preço atual próximo a US $ 20.000", disse Minerd, acrescentando posteriormente que "no final das contas, você tem que comprá-lo."

Além disso, no final de novembro, a Guggenheim entrou com um pedido à American Securities and Exchange Commission (SEC) para se reservar o direito de investir até 10% de seu Fundo de Oportunidades Macro de US $ 5,3 bilhões no Bitcoin Trust da Grayscale. Estima-se que este pedido entre em vigor em 31 de janeiro.

"Parece que Minard quer comprar USD 500 milhões em Bitcoin e, como o preço sobe, ele agora está dizendo às pessoas para realizarem lucros", comentou o economista e trader Alex Krüger.

Outros também estão usando essas declarações divergentes como um argumento de que as instituições estão tentando comprar Bitcoin a preços mais baixos.

A teoria inclui uma manobra bem conhecida (ilegal em mercados regulamentados) executada em book de ofertas, em que uma baleia, coloca uma grande quantidade à venda, fazendo com que muitos vendam suas posições presumindo uma resistência e com o objetivo de comprar de volta mais tarde a um preço mais baixo. À medida que os traders vendem, o preço cai - e a baleia cancela a ordem no último momento, mudando para compra e faz uma compra grande a mercado a um preço mais baixo.

Além disso, o especialista em protocolo da Bison Trails, Elias Simos, tuitou que, enquanto criaturas menores do oceano estavam vendendo, as baleias estavam "devorando" seus Bitcoins.

Imagem

Carteiras com mais de 1000 Bitcoins aumentando nessa queda

O gigante de investimentos com sede nos EUA JPMorgan chamou esta recente alta de uma mania especulativa insustentável, enquanto definia uma meta teórica de longo prazo de US $ 146.000 por BTC.

Marcle Burger, CIO da AMDAX Asset Management, argumentou que "35k a longo prazo provavelmente não é nada, mas dada a rapidez com que ultrapassamos 40k, era de se esperar uma correção maior (30% por exemplo)."

Outros não parecem particularmente impressionados com nada disso, pois não veem nada de particularmente novo aqui, alegando que as instituições estão fazendo o que sempre fizeram, "chamar alvos malucos" quando querem vender, dizer que está superfaturado quando querem comprar - "primeiro venda, depois distribua um byte que crie fud, e quando a tendência do mercado cair, compre novamente", como disse um comentarista.

Fonte: cryptonews

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.


COMENTÁRIOS