Mercado global de ATMs de Bitcoin deve valer US $145 milhões até 2023

03/09/2018


À medida que cresce a conscientização e a adoção das criptomoedas, o mercado de ATMs de Bitcoin deve se expandir de forma exponencial e mais de 50% em um período de cinco anos.

Isso está de acordo com um estudo conduzido pela empresa de pesquisa MarketsandMarkets, que indica que o mercado de ATMs de criptomoedas crescerá a uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 54,7% entre 2018 e 2023. Consequentemente, o valor deste mercado subirá para um valor de US $144,5 milhões no período de cinco anos.

No momento, o número de caixas eletrônicos de Bitcoin no mundo é de 3.650, acima dos 3.500 do início do mês passado. Diariamente, uma média de aproximadamente quatro ATMs de Bitcoin são instalados, de acordo com o site de rastreamento de ATMs de criptomoedas, Coin ATM Radar. Estima-se que o mercado de ATMs de criptomoedas tenha valido US $6,8 milhões no ano passado, mas desde então cresceu para atingir US $16,3 milhões em 2018.

O estudo também determinou que os caixas eletrônicos, que permitem que os usuários comprem e vendam criptomoedas de um único dispositivo, terão um CAGR mais alto em comparação com os caixas eletrônicos que tem somente uma das opções. No entanto, os caixas automáticos de uma opção atualmente dominam o mercado em 62,49% contra um percentual de 37,51% para caixas eletrônicos de duas opções.

Em relação ao hardware, o segmento do display dos ATMs de Bitcoin deverá emergir como o mais popular ao longo do tempo, de acordo com o estudo. No momento, outros segmentos incluem os tipos QR Scanner e ATM Printer. A facilidade de uso do display dos ATMs será amplamente responsável pela popularidade. Além disso, para aqueles que pretendem disponibilizar os caixas eletrônicos de Bitcoin, o hardware do display vem com o benefício adicional de trazer economia de custos, já que não há necessidade de teclados e outros hardwares extras.

Em todo o mundo, o maior mercado de caixas eletrônicos de criptomoedas até 2023 continuará sendo a América do Norte. Esta será uma manutenção do status quo, já que, atualmente, a América do Norte tem 73,07% dos caixas eletrônicos de Bitcoin do mundo, com os Estados Unidos sendo o líder claro. A pesquisa atribuiu isso a um ambiente regulatório que é relativamente propício para as criptomoedas.

"Espera-se que os EUA continuem a dominar o mercado de ATMs de criptomoedas durante este período devido à presença de um grande número de provedores de hardware e software de ATMs de criptomoedas e um ambiente de investimento favorável (sem barreiras legais)", disse o relatório "Mercado de ATMs de criptomoedas - Previsão Global para 2023”. Em 2017, o governo do México declarou que o Bitcoin era legal e seria regulamentado pela lei Fintech. Além disso, o Canadá registrou uma extensa atividade de start-ups, especialmente de criptomoedas.

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.

Fonte: ccn


COMENTÁRIOS