Novo processo regulatório dos EUA beneficiará empresas de criptomoedas e fintechs

15/09/2020


Transmissores de dinheiro como Western Union, PayPal e empresas de criptomoedas serão capazes de se expandir mais facilmente nos Estados Unidos, depois que 48 reguladores estaduais concordaram com um único conjunto de regras de supervisão que devem reduzir seus custos de conformidade.

A Conferência de Supervisores de Bancos Estaduais (CSBS) vai apresentar na terça-feira o novo regime regulatório para empresas de serviços financeiros, que será submetido a um único exame por um grupo conjunto de reguladores estaduais que supervisionam o licenciamento, em vez de dezenas de exames estaduais individuais.

O novo regime simplificado se aplica a 78 grandes empresas de pagamento e criptomoedas, que juntas movimentam mais de US $1 trilhão anualmente. O objetivo é tornar mais fácil para as empresas operarem em vários estados, disse o CSBS.

Os reguladores estaduais têm trabalhado juntos nos últimos anos para atender às queixas das empresas de que o sistema de supervisão estadual é redundante e excessivamente oneroso. Emrepsas de criptomoedas e fintech, que normalmente precisam ser licenciadas estado a estado, têm sido particularmente expressivas sobre o problema.

Sob o novo arranjo, um grupo de examinadores de um punhado de estados supervisionará conjuntamente uma empresa, em vez de cada estado individual.

John Ryan, presidente e CEO da CSBS, disse que a nova abordagem será igualmente robusta, mas mais eficiente. Os estados poderão compartilhar as informações dos exames e cada estado se reserva o direito de lançar exames independentes, se quiserem.

Os estados não estão abrindo mão da autoridade. Eles estão percebendo a eficiência ao compartilhar informações”, disse ele em uma entrevista.

Rosemary Gallagher, advogada associada da Western Union, que participou de um programa piloto no ano passado, disse que a empresa enfrentou dezenas de exames estaduais individuais e que esperava que a repetição fosse reduzida.

Ela acrescentou que o novo regime reduziria a carga para cada estado individual, permitindo-lhes colocar seus "examinadores da mais alta qualidade".

Fonte: reuters

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.


COMENTÁRIOS