O controle do mercado de stablecoin pela Ethereum

08/04/2020


Com a volatilidade dos preços disparando no mercado de criptomoedas, um grande volume de traders entrou no mercado de stablecoins.

De fato, o comércio de Bitcoin em termos de USDT havia triplicado em março para 21,6 milhões de BTC, registrando um aumento de 182% em apenas um mês. Algo semelhante foi observado no caso do comércio com o dólar americano e o iene japonês, que subiram para 2,7 milhões de BTC e 1,8 milhões de BTC, respectivamente.

Evidentemente, o Bitcoin e a Ethereum não foram vendidos diretamente pelo dólar americano neste momento, mas foram trocados por uma quantidade significativa de stablecoins.

Dito isto, o reinado das stablecoins em termos de liquidez está enfrentando uma mudança radical recentemente. No início de 2019, o Bitcoin era a maior rede de moedas stablecoin do mundo, com o USDT sendo liquidado exclusivamente na Omni. No entanto, isso foi no ano passado.

O gráfico em anexo é um reflexo do crescimento de stablecoins nos últimos 12 meses e é bastante evidente que o USDT_ETH detém o monopólio da Omni do Bitcoin. O gráfico abaixo mostra a magnitude do crescimento do USDT no Bitcoin, em comparação com o crescimento na Ethereum.

Surpreendentemente, a própria Tether também converteu grande parte de suas stablecoins para rede Ethereum e, no momento, 75% das stablecoins apresentadas no mercado eram liquidadas em Ethereum.

A lógica por trás desta mudança não é única. A Ethereum permitiu que seus usuários de stablecoins acessassem os protocolos DeFi, um campo que está rapidamente se tornando um hub popular para plataformas de empréstimos. Há também uma melhoria substancial em termos de escalabilidade e melhoria da rede UX.

Além disso, alguns bancos também estão contemplando a emissão de stablecoins na Ethereum, uma vez que a eficiência e a funcionalidade da rede da ETH são muito mais altas que as do Bitcoin.

Com o mercado de stablecoin fortemente nas mãos da Ethereum, é possível que a rede Ethereum seja utilizada muito mais do que a do Bitcoin no futuro.

Fonte: ambcrypto

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.


COMENTÁRIOS