Orçamento de 6 trilhões de Biden vai inevitavelmente impulsionar o Bitcoin

01/06/2021


Joe Biden, o então presidente dos Estados Unidos, apresentou sua proposta de orçamento para o ano de 2022 avaliada em mais de US$6 trilhões. Apesar da falta de austeridade fiscal, este plano deve inevitavelmente impulsionar o Bitcoin, a primeira e maior criptomoeda do mundo.

O orçamento proposto por Biden, caso aprovado pelo Parlamento, elevará os gastos federais dos EUA para os mesmos patamares da segunda guerra mundial.

Além do mais, é previsto um déficit médio anual em torno dos US$1,3 trilhão para os próximos 10 anos, elevando a dívida pública, que hoje já acumula US$28 trilhões, para 117% do PIB ao decorrer de 10 anos.

Um dos grandes catalisadores do Bitcoin do ano de 2020 certamente foi o crescente aumento dos gastos dos governos ao redor do mundo, pagos principalmente com impressão de dinheiro e com emissão de dívidas.

Veja as falas de Michael Saylor, CEO da MicroStrategy, a maior empresa de business intelligence do mundo, que converteu todo o caixa da empresa de dólares para Bitcoin.

“Bem, felizmente, amamos o negócio de business intelligence empresarial e queremos estar nele, mas não queremos descapitalizar a empresa reduzindo nossa tesouraria a zero e não queremos permitir que nossa tesouraria seja degradada em 10-20% ao ano, então temos que fazer algo. “

“Acho que, à medida que os investidores começam a entender a história, eles vão migrar seu capital na rede Bitcoin, e isso vai criar um ciclo virtuoso de adoção seguido de apreciação de preço seguida de acréscimo de valor seguido de integração de tecnologia de empresas como Square e PayPal. Em breve poderá ser a Apple e o Google. Isso vai gerar mais adoção, e isso significa que você realmente vai desejar conectar sua empresa ao Bitcoin. ”

Segundo Saylor, a depreciação do dólar americano e das moedas fiduciárias ao redor do mundo pode descapitalizar facilmente uma empresa ao decorrer dos anos com o imposto inflacionário.

Nesse sentido, um ativo comprovadamente escasso como o Bitcoin pode fornecer um porto seguro em um cenário de alta inflação. 

De fato, a impressão de dinheiro nos Estados Unidos elevou o agregado monetário M1 em mais de 4 vezes somente no ano de 2020, algo sem precedente na história do dólar americano.

E ao que tudo indica, os governos não têm intenção de aplicar qualquer medida de austeridade fiscal. Nesse sentido, o Bitcoin certamente se beneficiará com o fluxo de capital procurando algum ativo não inflacionário para se proteger.

“Seis trilhões de dólares? Isso é bom para o Bitcoin.” – Afirmou o polêmico Edward Snowden.

As dívidas públicas, cuja rolagem movimentam trilhões anualmente, certamente deverá impulsionar o Bitcoin e demais ativos conforme a desconfiança de que tais valores jamais serão pagos, cresce. 

Fonte: Criptonizando

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.

 


COMENTÁRIOS