Suspeita de pirâmide financeira, Genbit abandona prédio em Campinas com tudo dentro

24/03/2020


A empresa Genbit, que oferecia investimentos em Bitcoin, é suspeita de fraude e abandonou seu escritório em Campinas (SP) com toda a mobília dentro.

A empresa que deixou um rastro de milhares de clientes desfalcados no Brasil abandonou o escritório de três andares com móveis e documentos. O custo do aluguel era de R$ 100.000.

Rodrigo Orlando, um dos clientes prejudicados pela Genbit, resolveu visitar os escritórios, que estão para alugar. Ele diz que se surpreendeu com o "requinte" das salas, especialmente nas salas usadas pelo dono da Genbit, Nivaldo Gonzaga. Apesar das salas estarem desocupadas, os móveis foram abandonados pela empresa.

Segundo o proprietário do imóvel, as salas antes ocupadas pela empresa agora são alugadas isoladamente, em valores que variam entre R$ 12.000 e R$ 16.000.

Rodrigo Orlando, que perdeu cerca de R$ 50.000 na empresa, diz ainda que a Genbit teria ainda uma sala reservada no prédio, mas que estaria vazia:

Eles também entregaram o térreo parcialmente — ficaram apenas com uma salinha, só que não tem ninguém. Está tudo vazio.”

A Genbit é alvo de uma ação coletiva que pede o ressarcimento de R$ 1,3 milhões aos investidores. A empresa usava um discurso religioso para atrair clientes, e teve R$ 800 milhões bloqueados em fevereiro.

Fonte: cointelegraph

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.


COMENTÁRIOS