A saga da Lamborghini com o Bitcoin e o mundo das criptomoedas

02/04/2018


A Lamborghini, um dos carros esportivos mais caros do mundo, tornou-se o ultimato para todas as pessoas envolvidas no mundo das criptomoedas. O carro tornou-se tão famoso que as pessoas começaram a cotar o Bitcoin e outras criptomoedas de acordo com seu preço.

De acordo com a página oficial de mídia da Lamborghini, a empresa teve sete anos de crescimento consistente. A empresa automobilística italiana registrou um crescimento de quase 10% em todo o mundo em 2017, quando comparado a 2016. A venda triplicou desde o início da fama do Bitcoin no mercado.

O termo 'Lambo' é usado quase todos os dias. Charlie Lee, fundador da Litecoin, usou o termo com bastante frequência para manter motivados os entusiastas de criptomoedas. Ele é conhecido por usar termos como 'Lambo-lite'.

A Lamborghini ficou famosa no mundo das criptomoedas desde que a loja Costa Mesa começou a aceitar o Bitcoin como pagamento em setembro de 2017. Isso levou muitas pessoas e influenciadores de criptomoedas a comprarem Lamborghini com Bitcoin.

A moeda se tornou uma gíria comum no mundo das criptomoedas, assim como HOLD, FUD, FOMO e outros. A tendência "qual o seu Lambo" se tornou viral e tomou o espaço desde então. A palavra Lambo se tornou uma palavra motivacional para todos os investidores e é usada para incentivar os investidores a HOLDAR sempre que o mercado está caindo. Até ontem, até o CoinMarketCap começou a avaliar os preços em termos de quantas Lamborghinis podem ser compradas com a criptomoeda.

Fonte: ambcrypto


COMENTÁRIOS