Afinal, o Bitcoin tem lastro?

03/07/2021


 

O que é lastro? Quais moedas ou valores possuem lastro atualmente? 

Vamos explorar esta definição no universo de economia e investimentos, e tentar entender se há algo similar no Bitcoin, ou que ao menos estabeleça um piso em sua cotação.

O que é lastro?

O lastro surgiu para facilitar as transações, evitando a necessidade de se carregar fisicamente as moedas, ouro, prata ou qualquer ativo que servisse de garantia. Através disso, pessoas e empresas passaram a depositar tais valores em algum banco, buscando segurança ou rentabilidade.

De forma resumida, lastro é a garantia que cobre integralmente um instrumento monetário. Um exemplo é o fundo imobiliário que é lastreado em participações diretas em imóveis ou até em Letras de Crédito Imobiliário - LCI.

O Bitcoin possui lastro?

Na verdade, não. 

Pois, a cotação do bitcoin é livre, variando única e exclusivamente conforme a demanda entre compradores e vendedores. Não há nada que garanta sua conversibilidade em moedas fiduciárias, ouro, ou qualquer outro valor.

O lastro do Bitcoin, segundo alguns especialistas, é o custo médio da mineração

Então, esse processo de validação de blocos exige um grande esforço computacional, e consequentemente um gasto alto de energia elétrica.

Mas, não há nenhuma obrigatoriedade ou forma de trocar suas criptomoedas por uma quantidade determinada de energia elétrica, ou dinheiro fiduciário. Desta forma, é possível afirmar que o Bitcoin não possui lastro.

Por: Sophia Müller

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.


COMENTÁRIOS