CEO da Nasdaq acredita que criptomoedas ainda podem se tornar "moeda global do futuro"

22/01/2019


Adena Friedman, presidente e CEO da Nasdaq, diz que criptomoedas "merecem uma oportunidade de encontrar um futuro sustentável em nossa economia", em um post no LinkedIn, publicado em 20 de janeiro.

Escrevendo à frente de sua aparição no Fórum Econômico Mundial em Davos esta semana - o dia de abertura é hoje, 22 de janeiro – Adena Friedman afirmou que a Nasdaq acredita que as criptomoedas terão um papel importante no futuro, caracterizando-as ”como uma tremenda demonstração de genialidade e criatividade”.

O título do encontro deste ano é “Globalização 4.0” e como os setores público e privado podem trabalhar juntos para tornar o mundo mais justo, mais transparente e mais estável.

“Davos é um ótimo lugar para ouvir diversas opiniões sobre tópicos e tendências com potencial para impulsionar a economia global, impactar os mercados globais e estruturar a tomada de decisões dos investidores nos próximos anos. À medida que olho para as discussões, vejo várias tendências que continuarão a moldar nossos mercados e o cenário econômico mais amplo no próximo ano.”

Até agora, ela argumentou, que as criptomoedas evoluíram através do que ela chama de “ciclo de vida clássico da invenção” - desde o seu caminho inicial forjado pelos pioneiros em criptografia e economia, até um período de exaltação, a proliferação de novos participantes no mercado e agora, mais recentemente, “uma dose de realidade”. As criptomoedas, portanto, ficam em uma encruzilhada, diz ela, equilibrada entre um dos dois resultados:

 

“1) Ou a inovação encontra utilidade prática seguida por anos de progresso comercial estável e sustentável e integração no tecido econômico (por exemplo, a Internet); ou

 

2) A invenção não consegue uma ampla adoção e suas aplicações comerciais como meio de troca são limitadas (por exemplo, o Segway). ”

 

A CEO argumentou que, para as criptomoedas evoluírem para uma invenção prática e utilizável, com valor estável, exige “governança e clareza regulatória”. Ela também sugeriu que ambas são, em sua essência, “contrárias à intenção original de descentralização, uma moeda global ingovernável”.

Comentando sobre a necessidade de um mercado de negociação de criptomoedas transparente e justo em particular, Adena Friedman observou que a Nasdaq forneceu sua tecnologia interna para ajudar as exchanges de start-up a forjar melhores práticas.

Conforme relatado, a Nasdaq teria fornecido a sua tecnologia SMARTS de vigilância de mercado para os principais participantes da indústria, tais como os gêmeos Winklevoss da Gemini exchange, o que permite que a plataforma monitore o comportamento de negociações suspeitas em uma tentativa de evitar a manipulação do mercado.

No início deste mês, a DX Exchange, uma plataforma que usa o Financial Information Exchange (FIX) da Nasdaq, lançou negociações de criptomoedas e ações tradicionais tokenizadas.

E em dezembro, a ErisX, um mercado institucional para criptos e futuros, levantou US $27,5 milhões da Nasdaq e da Fidelity Investments.

 

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.

Fonte: cointelegraph


COMENTÁRIOS