Empresa de energia de Portugal irá aceitar Bitcoin paga pagamento de contas de luz

19/02/2021


A Luzboa, uma pequena empresa de comercialização de energia em Portugal, em breve começará a aceitar Bitcoin como forma de pagamento pela eletricidade.

O presidente da empresa, Pedro Morais Leitão, anunciou a notícia na quarta-feira, afirmando que a nova opção de pagamento deve se tornar disponível este mês.

De acordo com o executivo, Luzboa vai criar uma carteira Bitcoin nos próximos dias, permitindo aos moradores pagar pela energia elétrica em um novo sistema de pagamento conhecido como “Bit Spot”. De acordo com Leitão, a empresa planeja converter instantaneamente os Bitcoins recebidos em euros para proteger seus negócios de preços instáveis. “Estamos cientes da volatilidade da moeda, mas estamos preparados para assumir alguns riscos”, disse o executivo.

Leitão explica que a ideia principal da iniciativa é “capturar um nicho de mercado”, em vez de fazer com que seus clientes migrem para os pagamentos em Bitcoin

Há uma nova geração com interesse em criptomoedas. Procuramos dar a oportunidade de utilizar novos meios de pagamento.”

Sediada em Viseu, uma cidade e município da Região Centro de Portugal, Luzboa teria cerca de 5.000 clientes residenciais. O Grupo Nexus Energía, a quinta maior empresa de energia independente da Espanha, é o acionista majoritário da Luzboa após adquirir uma participação de 51% na empresa em 2017.

Portugal tem emergido lentamente como um país amigável às criptomoedas, apesar da consciência da indústria entre os reguladores locais permanecer relativamente baixa nos últimos anos. O país é conhecido por cobrar impostos zero sobre negociações de criptomoedas depois que o ministro das finanças português anunciou que a negociação de Bitcoin não era tributável no final de 2017.

Fonte: cointelegraph

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.


COMENTÁRIOS