Empresas de Ohio agora podem pagar impostos com Bitcoin

26/11/2018


Ohio se tornará o primeiro estado dos EUA a aceitar oficialmente os pagamentos de impostos com Bitcoin, de acordo com um relatório do Wall Street Journal. A partir desta semana, as empresas que planejam fazer acordos para seus impostos com o Bitcoin podem visitar o OhioCrypto.com e registrar-se para pagar todos os seus impostos corporativos ao governo com Bitcoin. O governo estadual fez uma parceria com o processador de pagamento de criptomoedas, BitPay, para lidar com os pagamentos e conversões em dólares para o tax office (escritório de impostos).

A ideia nasceu do atual tesoureiro do estado, Josh Mandel, que vê a aceitação da criptomoeda como uma ótima maneira de permitir ideias tecnológicas inovadoras. O Bitcoin tem sido usado para fins especulativos na maioria dos casos nos EUA, já que não é utilizado como meio de pagamento de bens e serviços por várias razões. Uma das principais razões para isso é a grande volatilidade dos preços, que deixa muitos comerciantes nervosos em aceitá-la - embora isso geralmente não seja algo com o qual eles deveriam se preocupar ao usar um processador de pagamentos como o BitPay ou a Coinbase.

Josh Mandel, que tem interesse no Bitcoin desde que foi nomeado em 2011, disse que vê a criptomoeda emblemática "como uma forma legítima de moeda".

Embora o movimento de Ohio não afete a queda livre das criptomoedas no momento, ainda é uma vitória para o Bitcoin e uma forma de aprovação do governo.

O WSJ citou Jerry Brito, diretor do Coin Center, uma empresa de pesquisa de criptomoedas, disse acreditar que uma instituição do governo como o Tesouro do Estado aceitando pagamentos de impostos em Bitcoin "envia uma mensagem de que o Bitcoin é uma tecnologia que pode ser usada por qualquer pessoa - por vilões, mas também pelo governo.” Outros estados nos EUA que consideraram os pagamentos de impostos com Bitcoin incluem o Arizona, Geórgia e Illinois, mas os projetos de lei enfrentaram resistência no nível legislativo.

No início deste mês, o Great Lakes Science Center, com sede em Ohio, anunciou sua decisão de aceitar pagamentos em Bitcoin, uma medida que o museu espera que ajude a desenvolver a indústria blockchain.

De acordo com Kirsten Ellenbogen, CEO do Great Lakes Science Center, os visitantes podem pagar seus ingressos no museu com o Bitcoin.

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.

Fonte: ccn


COMENTÁRIOS