Dow Jones e Bitcoin em alta e a ponto de romper resistências

22/02/2019


Tanto o Dow Jones quanto o preço do Bitcoin negociam em alta nesta sexta-feira. Enquanto o mercado de ações dos EUA luta para romper sua resistência de dois meses, a queda do Bitcoin quem vem se estendendo há 14 meses finalmente chegou ao fim.

 

Recuperação de três dígitos do Dow Jones

Esta manhã, o Dow Jones subiu 105 pontos, ou 0,41%, o que significou um salto de 97,37 pontos no início do pregão. O S&P 500 subiu 0,34%, e os futuros da Nasdaq subiram 0,42% durante a abertura do mercado.

Dow Jones (azul), S&P 500 (vermelho) e Nasdaq (laranja) saltaram na sexta-feira.

 

Na quinta-feira, o mercado de ações americano sofreu perdas moderadas, com o Dow Jones caindo 103,81 pontos ou 0,4% fechando em 25.850,63, o S&P 500 perdendo 0,35% fechando em 2.744,88 e o Nasdaq terminando o dia em 7.459,71 uma queda de 0,39%.

O Dow Jones com mais de 100 pontos no vermelho conseguiu uma recuperação notável na hora anterior ao fechamento do pregão, e esse rali foi transferido para a sessão de pré-mercado de sexta-feira.

O Dow Jones está em uma sequência de oito semanas de vitórias, a mais longa em quase dois anos. Tendo fechado em 25.883,25 em 15 de fevereiro, o índice deve entrar no dia confortavelmente acima dessa marca. Se o mercado de ações conseguir manter seus ganhos, o Dow Jones aumentará sua sequência de vitórias semanais para nove.

Ele também está testando a marca de 26.000, que parece ter fornecido ao mercado uma resistência psicológica. Um topo nos 26.000 poderia empurrar o índice de volta abaixo do fechamento da última sexta-feira.

 

Mercado espera que Trump prorrogue prazo do acordo comercial

 

Espera-se que o presidente dos EUA, Donald Trump, prorrogue o prazo do acordo comercial.

 

Na sexta-feira à tarde, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se encontrará com o vice-primeiro-ministro chinês, Liu He, após o qual deverá anunciar uma prorrogação do prazo de negociação para dia 1º de março. Esse anúncio provavelmente daria um pouco mais de liquidez ao mercado de ações antes do fechamento do pregão.

Por outro lado, o rali de hoje pode indicar que a extensão já foi precificada em certa medida. Se assim for, o Dow Jones poderia recuar se Trump não tomasse uma decisão firme de adiar o prazo, o que levaria a um aumento das tarifas dos EUA sobre o valor de US $200 bilhões em importações chinesas.

 

Marca de US $4.000 permanece como resistência do Bitcoin

O mercado de criptomoedas continua relativamente quieto, com o Bitcoin mantendo seu preço acima dos US $3900.



O preço do Bitcoin chegou próximo dos US $4.000 em 21 de fevereiro. No entanto, o rali parou, e o Bitcoin acabou caindo para US $3.870 nas próximas horas. No geral, o mercado de criptomoedas esteve quieto esta semana enquanto o Bitcoin continua a se consolidar nos US $3.900.

Durante todo o ano de 2018, os períodos de silêncio relativo, frequentemente precederam grandes quedas. No entanto, foram nove dias entre o salto do Bitcoin acima dos US $3.500 em 8 de fevereiro e seu caminho em direção aos US $4.000, que começou em 17 de fevereiro. Consequentemente, pode levar vários dias até que o mercado dê outro forte impulso.



Por enquanto, o volume de negociação parece estar em diminuindo, com um volume acumulado de 24 horas de US $23,6 bilhões, de um pico no início da semana de US $36 bilhões. No entanto, o volume permanece consideravelmente maior do que há um mês, quando o mercado registrou cerca de US $15 bilhões.

 

Ethereum está silenciosamente impulsionando o mercado de criptomoedas?

O Analista de Mercado da eToro, Mati Greenspan, conectou o recente rali do mercado de criptomoedas ao declínio da taxa de emissão de Ethereum, que agora atingiu mínimos históricos após o aumento de dificuldade da rede.

Mati Greenspan explicou que a oferta reduzida, juntamente com a demanda constante, fez com que o preço da Ethereum subisse e que esse pico se propagasse no restante do mercado de criptomoedas - mesmo que o Bitcoin e outras criptomoedas não enfrentassem as mesmas restrições de oferta da Ethereum.

A taxa de emissão diária de Ethereum está agora em torno de 13.000.

 

A ativação do hard fork Constantinopla reduzirá ainda mais a taxa de inflação da Ethereum, dos atuais 13.000 ETH por dia para cerca de 11.400. No entanto, isso não significa necessariamente que o fork desencadeará outro salto no mercado.

Escrevendo em comentário diário do mercado na sexta-feira, Mati Greenspan disse:

“Agora, outra parte da Constantinopla é que supostamente reduzirá a quantidade de gas necessária por transação. No entanto, não é aparente como a nova estrutura de taxas de gas afetará a demanda. Portanto, mesmo sabendo que a oferta será reduzida drasticamente, não sabemos se isso afetará a inflação, porque não sabemos exatamente como será a demanda sob o novo sistema."

Então, para onde o mercado vai daqui para frente? US $5.000 continua sendo o alvo claro, e Mati Greenspan diz que o último avanço do Bitcoin "pode ser suficiente" para chegar lá.

“Estamos em uma zona de acumulação há algum tempo e este último empurrão pode ser suficiente para tirar o mercado de uma queda, mas há vários níveis técnicos que precisam ser quebrados antes que isso aconteça.”

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.

Fonte: ccn


COMENTÁRIOS