Samsung desenvolvendo blockchain baseado em Ethereum, poderá emitir seu próprio token

24/04/2019


Rumores apontam que a gigante de eletrônicos sul-coreana Samsung está desenvolvendo sua própria rede blockchain e planejando a emissão de seu próprio token mais adiante.

Um relatório exclusivo citando uma pessoa "familiarizada com a situação interna da Samsung", disse que a força-tarefa blockchain da empresa - parte do setor wireless - está construindo uma mainnet blockchain baseada na Ethereum. O trabalho, no entanto, ainda está no estágio “experimental interno”.

A fonte disse:

“Atualmente, estamos pensando em blockchain privado, embora ainda não esteja confirmado. Também pode ser blockchain público no futuro, mas acho que será híbrido - isto é, uma combinação de blockchains públicos e privados.”

Quando o desenvolvimento do blockchain for concluído, a Samsung também poderá lançar um token, o “Samsung Coin”, de acordo com o relatório.

A pessoa disse:

"O mercado espera que o Samsung Coin saia, mas a direção ainda não foi decidida."

Se a empresa desenvolver um blockchain público no futuro, o Samsung Coin poderá ser negociado publicamente em exchanges de criptomoedas assim como o Bitcoin (BTC) e a Ethereum (ETH). A Samsung também pode trazer a tecnologia blockchain para o aplicativo de pagamentos Samsung Pay, mas a decisão ainda não foi decidida, de acordo com a fonte.

A força-tarefa blockchain da Samsung está em desenvolvimento ativo há pelo menos um ano e está trabalhando em vários projetos, de acordo com o relatório.

Dois meses atrás, a empresa deu um salto para a arena blockchain com a  inauguração  de seu principal celular, o Galaxy S10, que tem a capacidade de armazenar chaves privadas de criptomoedas e outros recursos, como suporte a assinaturas digitais baseadas em blockchain.

Em março, a Samsung revelou oficialmente a carteira de criptomoedas, que é compatível com Ethereum (EHT) e tokens baseados em ERC-20, embora notavelmente não compatível com Bitcoin inicialmente. Segundo alguns relatos, a carteira ainda não está disponível em algumas jurisdições.

O S10 também suporta aplicativos descentralizados (dapps), como a plataforma de jogos de encriptação Enjin, a comunidade de cosméticos Cosmee, a plataforma CryptoKitties e o serviço de pagamento de merchant CoinDuck.

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.

Fonte: coindesk


COMENTÁRIOS