SEC adia decisão de ETF Bitcoin da VanEck para fevereiro de 2019

07/12/2018


Ontem a SEC dos EUA adiou a decisão sobre a aplicação do ETF de Bitcoin da VanEck (até 27 de fevereiro de 2019). O adiamento era esperado, já que 2018 chega ao fim em meio ao atual mercado de urso nas criptomoedas.

"A Comissão considera apropriado designar um período mais longo para a emissão de uma ordem aprovando ou desaprovando a mudança de regra proposta, de modo que ela tenha tempo suficiente para considerar essa mudança de regra proposta."

Apenas algumas horas antes, Gabor Gurbacs - diretor de estratégia de ativos digitais da VanEck - expressou confiança de que a aprovação do ETF de Bitcoin da empresa de investimento pela SEC estava chegando.

"É bastante certo para nós que a América quer um ETF de Bitcoin. Acreditamos que cumprimos todos os obstáculos e requisitos da estrutura do mercado quanto a preços, custódia, avaliação e segurança, por isso estamos cautelosamente otimistas."

A SEC adiou a decisão sobre o ETF da VanEck SolidX Bitcoin Trust várias vezes em 2018, e foi compreensivelmente rigorosa até agora. Em agosto de 2018, a agência  rejeitou 9 pedidos de ETF de Bitcoin, citando o fracasso dos candidatos em demonstrar como poderiam evitar fraudes e manipulação de mercado.

Em março de 2017 e novamente em junho de 2018, a SEC rejeitou os pedidos de ETF de Bitcoin apresentados pelos gêmeos Winklevoss, Tyler e Cameron. Apesar dos contratempos, os gêmeos Winklevoss - os fundadores da exchange de criptomoedas Gemini - continuam confiantes de que a aprovação está próxima.

Enquanto espera por uma decisão da SEC, a VanEck está se adiantando para lançar futuros de Bitcoins no primeiro trimestre de 2019, através de uma parceria com a Nasdaq - a segunda maior Bolsa de Valores do mundo.

Gabor Gurbacs disse que as empresas lançarão uma série de derivativos de Bitcoin no início de 2019, incluindo um "contrato de futuros de criptomoedas 2.0 regulamentado".

A Nasdaq tem trabalhado com a Commodity Futures Trading Commission (CFTC) para se certificar de que cumpre todas as questões regulatórias que o principal regulador de swaps do país possui.

Da mesma forma, Gurbacs disse que a VanEck "correu algumas milhas extras trabalhando com a CFTC para criar novos padrões de custódia e vigilância".

A CFTC, que regula o Bitcoin como commodity, aprovou até agora apenas dois produtos futuros de criptomoedas: um da Chicago Mercantile Exchange (CME) e outro da Chicago Board Options Exchange (CBOE).

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.

Fonte: ccn


COMENTÁRIOS