Aniversário do Bitcoin marca a primeira década de descentralização

01/11/2018


Há 10 anos atrás, o Bitcoin não passava de palavras em um papel, uma ideia na mente do anônimo Satoshi Nakamoto. Hoje, está prestes a se tornar uma nova classe de ativos.

Ao longo do caminho, existiram muitos que popularizaram o Bitcoin e fizeram dele o movimento que é hoje. 31 de outubro de 2018 marcou um dia especial para o Bitcoin, o governante do mercado de criptomoedas. O mercado comemorou o 10º aniversário do informe oficial do Bitcoin. Também marcou a primeira década de descentralização, pois acredita-se que o objetivo principal da moeda seja uma libertação dos governos, instituições financeiras e bancos, devolvendo o poder às pessoas.

Satoshi Nakamoto, o criador do Bitcoin, lançou o Bitcoin, um sistema de dinheiro eletrônico peer-to-peer, em um whitepaper de nove páginas que é saudado como a próxima revolução, em 31 de outubro de 2008. O whitepaper enfatizou a criação de um dinheiro digital permitindo pagamentos online, que podem ser enviados diretamente de uma pessoa para outra sem qualquer intermediário. Agora, muitos acreditam que a moeda vai unir o mundo inteiro com uma moeda digital global. Mais ainda, algumas pessoas afirmam que o Bitcoin será a salvação durante a próxima recessão.

A moeda inicialmente ganhou força na dark web, principalmente na Silk Road, o principal catalisador da ascensão da adoção do Bitcoin. Ele era o único meio de pagamento para comprar drogas, armas e até contratos de assassinato no mercado. No entanto, a Silk Road foi comprada em 2013 pelo FBI, o que também resultou na prisão de Ross Ulbricht.

O segundo catalisador mais notável foi a MT. Gox, que agora é lembrada por seu hack. A Mt. Gox foi a maior exchange de Bitcoins, tendo mais de 70% das transações de Bitcoin no mundo.

O whitepaper também é o motivo da existência de todas as outras moedas e startups neste mercado. O whitepaper chamou a atenção de Brain Armstrong, fundador da Coinbase, Vitalik Buterin, co-fundador da Ethereum, no estágio inicial do Bitcoin. As outras pessoas conhecidas que se juntaram em sua fase inicial são Roger Ver, que é aclamado como Bitcoin Jesus, Andreas Antonopoulos, autor de Mastering Bitcoin, Charlie Lee, criador da Litecoin, David Schwartz, criador do registro XRP e Jed McCaleb, fundador da Mt. Gox.

O preço da moeda também teve um impacto significativo no mercado. O Bitcoin atingiu seu maior valor em dezembro de 2017, alcançando quase US $20.000, atraindo a atenção do mundo todo. A moeda que estava sendo negociada a US $0,2 em julho de 2010, viu um enorme aumento no próximo ano no mesmo mês, com o preço disparando para US $31,9. No mesmo ano, o preço também sofreu uma tendência de queda, atingindo seu ponto mais baixo no ano, US $2 em novembro de 2011.

Em novembro de 2013 a moeda já estava chegando com seu preço a US $1242. Após isso, a moeda ganhou um impulso maciço em 2017, com o preço subindo durante todo o ano até sua máxima histórica. No entanto, este ano parece ser bastante contrário a 2017, já que o preço tem caído bastante.

No entanto, de acordo com a comunidade, a regra sublinhada para todos os interessados na criptomoeda é - leia o whitepaper do Bitcoin.

Isenção de responsabilidade. A Universidade do Bitcoin não endossa nenhum conteúdo nesta página. Embora tenhamos como objetivo fornecer a você informações importantes do mundo das criptomoedas, os leitores devem fazer sua própria pesquisa e análise antes de tomarem quaisquer decisões e assumir total responsabilidade por elas, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.

Fonte: ambcrypto


COMENTÁRIOS